A limpeza que era necessária mas não numa estação de serviço…

Oh pra nós a reparar no ‘ estilo ‘ do presidente do Vitória de Guimarães, lado a lado com o amigo do Porto…

Limpeza.bmp

Tags: , , ,

About Porta 10A

À direita das coisas, Sportinguista convicto, teimoso quanto baste, inventivo, apaixonado, Pai babadíssimo, sempre em família, sempre com Amigos. Adoro artes em especial a fotografia e a pintura. Gostava de ter sido Arquitecto, mas a matemática era tramada. Depois Jornalista, mas não deu. Adoro escrever. Sobre desporto e política, ou sobre uma coisa qualquer. Cristão, crente em Deus, não pratico porque acho que a melhor relação com Ele é directa. Adoro música e existem canções para todos os nossos estados de alma. E isto tudo, sou eu...

One response to “A limpeza que era necessária mas não numa estação de serviço…”

  1. Lead! Don't follow! says :

    Marcelo

    Um conselho: modera a “arrogância” (meto entre aspas porque não quero ser ofensivo, mas a palavra só por si é ofensiva… as minhas desculpas por antecipação!). Não me refiro a este post em exclusivo, mas a uma sequência extensa deles…

    É que a malta do Sporting este ano parece andar a cuspir para o ar, e sabemos bem o que faz a gravidade nesses casos. O Sporting não ganhou nem vai ganhar nada esta época. Na próxima época conviverá com as dificuldades de lidar com competições europeias que não permitem fazer apenas 1 jogo por semana: há mais cansaço físico e psicológico. Quando se perde na europa a jogar com malta jovem (como é a equipa do Sporting, ou como é a defesa do Porto), as coisas têm reflexos gigantes nas competições internas. Os jogadores só têm um chip, e se as coisas correm mal à quarta-feira, o chip que entra em campo no domingo vai “danificado”.

    Não sei até que ponto o Sporting terá capacidade para se reforçar convenientemente nesse sentido, ou se para isso não terá de vender mais do que um jogador importante do plantel para ter essa capacidade. E digo mais do que um porque pelo menos um será inevitável (o popularuxo do vosso presidente pode berrar o que quiser com voz grossa, mas no fim do dia o que conta é o dinheiro para pagar as contas).

    Já que vou aqui, vou continuar a dar uns conselhos para esta vossa subida ao topo. Também não será fácil manter dois desejos simultâneos: manter os jogadores e o orçamento baixo. É que mais cedo ou mais tarde eles sentem que valem mais do que recebem (e o que recebem é o que define em larga escala grande parte desse orçamento reduzido). E até podem amar o Sporting do fundo do coração, mas têm ambição pessoal. Além disso, os tubarões chegam aí e fazem-lhe a cabeça, e lá vão eles…

    Não há segredo para se manter no topo: é ter os melhores jogadores, vender, e comprar outros que sejam tão bons para vender mais tarde. Ó ciclo do clube português é este.

    Sempre que faço ver isto a alguém do Sporting, respondem-me “mas temos a academia”. E eu pergunto sempre: “e quantos jogadores da academia saíram do Sporting por mais de €20M nos últimos 10 anos?” O silêncio normalmente é a resposta, mas acho que nos últimos 10 anos ainda venderam o Nani acima dos €20M. Confirmas? Há mais algum?

    Repara no Porto e no outro clube ali de Carnide, com vendas acima de €20M nos últimos 10 anos:
    Porto (dados da CMVM): James, Moutinho, Hulk, Falcao, Bruno Alves, Lisandro, Lucho, Quaresma, Bosingwa, Pepe, Anderson, Ricardo Carvalho, Deco, Paulo Ferreira.
    Carnide (dados CMVM): Rodrigo, Matic, Witsel, Javi, Coentrão, David Luiz, Ramires, Di Maria, Simão.

    Tudo isto é uma inevitabilidade… Não vale a pena acreditarem em promessas de manutenção de orçamentos baixos sem vender jogadores. Isso não vai acontecer, vai ter sempre de haver saídas, porque no fim do dia quem manda é quem pôs lá o dinheiro (os Bancos). Épocas de sucesso “baratas” aparecem uma vez a cada 10 anos…

    Interpreta este comentário como um alerta de quem nada ganha com isso. Mas a época com cheiro a rosas podem bem passar a ser um mar de espinhos na próxima época.

    Espero igualmente uma postura de elevação de todos os adeptos, que não podem ceder ao nível baixo dos dirigentes. E isto inclui a não corroboração de ataques pessoais de baixo nível, como sejam as acusações de senilidade associadas a idades avançadas. Até porque fica feio em quem se diz ser “diferente”, e até porque todos nós temos alguém na vida dessa idade a quem não gostaríamos nada de ouvir alguém insultar dessa forma…

    Eu não desço a esse nível, nem mesmo para apoiar os dirigentes do meu clube quando eles também o fazem. Vou continuar a espalhar o meu salmo de pacificação do futebol. Tu com um blog com expressão também (e sobretudo) devias seguir esse exemplo.

    Saudações desportivas com um abraço.

    Lead.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: