Pensa a malta ‘ de que ‘…

‘ Qualquer pessoa que acompanhe o futebol tem a ideia que é uma vantagem competitiva quando uma equipa sabe que o jogo da outra equipa já acabou e que ainda dispõe de tempo para condicionar a sua táctica. Porque o legislador desportivo tem noção disso que considera que é uma infração grave atrasar intencionalmente o início de um jogo quando há obrigatoriedade desse jogo começar no horário de outro jogo. Podia-se dizer que um atraso de 2 minutos não é suficiente, é uma argumentação razoável, mas qualquer segundo que a equipa do Porto tivesse em condições privilegiadas era crucial para determinar que atitude haviam de tomar. A infinitude do que 2 minutos podem significar é bem exemplificada pela final épica da Liga dos Campeões em 98/98: Ao minuto 89 o Bayern era Campeão Europeu, passado 2 minutos já era o Manchester United […] A justificação do atraso foi o impedimento físico de Fernando. Essa linha argumentativa é absolutamente contraditória e irrelevante. Se o Fernando foi assistido entre 5 e 10 minutos, isso não punha em causa o atraso uma vez que o aquecimento terminou 15 a 18 minutos antes. ‘–  Cláudia Santos, Presidente da Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga dixit

Não é preciso ser Jurista ou Engenheiro para perceber o que está escrito. É claro, objectivo e refere os pontos essenciais que estão em causa neste assunto: infracção grave, obrigatoriedade deste jogo começar à mesma hora do outro, atraso intencional, argumentos de defesa contraditórios e irrelevantes.

Agora chegados à ‘ instância superior ‘, o folclore é outro. Mas pronto, ao que parece tudo vai ficar na mesma, assim como ‘ era dantes ‘ e vingará a tese do atraso não intencional provocado por uma suposta lesão…

Pensa a ‘ malta de que ‘… e deve ser o mais certo!!!

Tags: ,

About Porta 10A

À direita das coisas, Sportinguista convicto, teimoso quanto baste, inventivo, apaixonado, Pai babadíssimo, sempre em família, sempre com Amigos. Adoro artes em especial a fotografia e a pintura. Gostava de ter sido Arquitecto, mas a matemática era tramada. Depois Jornalista, mas não deu. Adoro escrever. Sobre desporto e política, ou sobre uma coisa qualquer. Cristão, crente em Deus, não pratico porque acho que a melhor relação com Ele é directa. Adoro música e existem canções para todos os nossos estados de alma. E isto tudo, sou eu...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: