Duarte Gomes? Sim, sou eu…

–           Estou sim… boa tarde. É o Duarte Gomes?

–           Sim, sim, sou eu. Quem fala?

–           É do jornal ‘ a águia ‘, perdão, ‘ a bola ‘…

–           Ah tá bem. E o que é que vocês querem pah? Não me venham fazer perguntas sobre o jogo da taça…

–           Não, não, é sobre cultura geral.

–           Ah assim está melhor!

–           E posso fazer a primeira pergunta?

–           Vá lá, chute lá como o Cardozo…

–           Já que fala nisso…

–           Gandas golos pah. Uma pessoa vibra com aquilo, aquele pé esquerdo, aquele estádio, os meus consócios. É uma loucura aquele ambiente infernal.

–           Mas você estava a apitar o jogo…

–           Sim, mais ou menos, mas  você sabe, o peso do amor à camisola vermelha é maior que o das insígnias da UEFA. Um adepto, um sócio, um apaixonado é sempre assim. E para a vida toda. E ainda para mais se do outro lado estiverem os lagartos…

–           Eles dizem que você os prejudicou…

–           Eu? Ceguetas pah! Ainda os beneficiei, os mal-agradecidos. Aquilo é gente que não gramo nem com molho de mirtilos.

–           Dois penalties? Um golo fora-de-jogo? O Matic não é expulso?…

–           Tudo inventado. O meu presidente lá dos árbitros é que tem razão. Eles perderam por causa dos erros próprios, não por minha causa. É verdade que não gosto deles nem um bocadinho, mas longe de mim prejudicá-los…

–           Mas até aqui na bola a malta viu as imagens e todos são unânimes em considerar…

–           Considerar o quê pah? Considerar o quê?

–           Sabe, alguns erros…

–           Eu não erro pah! Acerto sempre para o mesmo lado, isso é que é. E como lhe disse anteriormente, não deixamos de ser quem somos, lá porque apitamos um derby, uma eliminatória da taça ou um jogo da liga…

–           Peço desculpa, não queria ser muito insistente, mas chegou a ver as imagens do jogo?

–           Sim, mais ou menos. Foi mais os golos do meu clube, especialmente os dos Cardozo, mas vi, até as repetições… Espectaculares pah. Ganda jogo que a rapaziada fez. É desta que o Jesus ganha uma taça e eu posso dizer, até com orgulho, que participei na conquista. Esta época não vai ser do quase, vão ver…

–           Tudo bem, ficamos esclarecidos. E agora que vai ser o primeiro profissional da arbitragem em Portugal. Como é que se sente?

–           Igual a sempre. Desde que me escolham de vez em quando para apitar o Sporting, é igual a todos os dias e às outras vezes. Não sei se já lhe tinha dito, mas não suporto mesmo a  lagartada… De resto, tudo bem. Não me posso é esquecer nesses jogos de trocar o cartão de sócio do SLB pelo cartão vermelho da lei, não vá algum fotógrafo conseguir tirar uma fotografia da coisa ou a televisão mostrar. Tenho que ter cuidado, só isso.

–           Mas acha que é uma evolução para a arbitragem nacional?

–           Atão não é. Não era o Paulo Bento que dizia que não era por darem um intercomunicador aos árbitros que eles passariam a ver melhor? É a mesma coisa pah. Agora vamos ser profissionais mas no fundo no fundo, fica tudo igual. Ninguém vai notar a diferença. Isto já tem muitos anos de engrenagem no sistema e o Vítor e a malta sabem bem o que andam a fazer. Está tudo controlado.

–           Mas dizem que assim se vai profissionalizar a incompetência dos árbitros?

–           Veja lá o que diz pah… Nada disso! Vai ser igual ao que era dantes. Os mesmos observadores, as mesmas notas, classificações, tudo igualzinho. Só que em profissional. E isso lá na UEFA é muita bem visto. Até o Platini enviou cumprimentos à malta e o espanhol que manda lá na arbitragem toda, disse que era bom. Tem mais alguma pergunta? É que já estou um bocadinho atrasado… tenho que ir ter com a malta amiga. Eles querem agradecer-me por causa de sábado…

–           Só uma última questão: tem algum amigo que seja Sportinguista?

–           Eu??? Está parvo ou quê??? Não me dou com essa malta e nem os quero ver à frente, a menos que seja num jogo. Aí não os vou perdoar!

–           Boa tarde e muito obrigado por tudo, foi muito esclarecedor.

–           De nada pah, sempre às ordens

About Porta 10A

À direita das coisas, Sportinguista convicto, teimoso quanto baste, inventivo, apaixonado, Pai babadíssimo, sempre em família, sempre com Amigos. Adoro artes em especial a fotografia e a pintura. Gostava de ter sido Arquitecto, mas a matemática era tramada. Depois Jornalista, mas não deu. Adoro escrever. Sobre desporto e política, ou sobre uma coisa qualquer. Cristão, crente em Deus, não pratico porque acho que a melhor relação com Ele é directa. Adoro música e existem canções para todos os nossos estados de alma. E isto tudo, sou eu...

8 responses to “Duarte Gomes? Sim, sou eu…”

  1. penta1975 says :

    e dizem algumas vozes, tidas por «gloriosas», que ele também é SuperDragão…

    ps:
    folgo em saber que estás de volta ao activo😀

    abr@ço
    Miguel | Tomo II

  2. Porta 10A says :

    Olá Miguel.
    Obrigado pelo comentário e pela ‘ força ‘ implícita.

    O Duarte Gomes ‘ Super Dragão ‘???
    Amigo Portista, então eu sou tido como do ‘ glorioso ‘….

    Abraço também.
    Marcelo Silva

  3. YaZalde says :

    Sobre essa personagem que nos Espoliou mai uma vez, apenas esta mensagem:

    Duarte Nuno Pereira Gomes
    dngomes@mail.pt
    BI:10.172.999
    Nome do pai:João Maurício Vieiras Gomes
    Nome da mãe:Rosária de Fátima Bernardes Pereira Gomes
    Distrito: ILHA DA MADEIRA
    Freguesia: Santa Luzia
    Residência
    CASCAIS-LISBOA
    Morada:Rua Amendoeiras, 99, moradia B Dta – C.Hortências
    Localidade:Bicesse
    2645-314 ALCABIDECHE
    ALCABIDECHE
    Telemóvel:968 556 868
    Profissão Bancário
    Telefone:213 508 818

    Cumps

    • Porta 10A says :

      Amigo YaZalde,
      Ainda por cima é meu vizinho aqui do lado.
      Quando o vir novamente no parque Marechal Carmona, armado como sempre em pavão, atiro-lhe com um baloiço à mona para lhe acentuar o risco ao meio.
      Bandido. Gatuno. Ladrão.

      SL
      Marcelo Silva
      Porta 10A

  4. Sandro Santos says :

    Amigo Marcelo, fico feliz por te ver de volta e espero honestamente que tudo esteja a correr dentro da normalidade.

    Folgo também em saber que não perdeste o sentido de humor…ótimo sinal…

    Um forte abraço

    SS

    • Porta 10A says :

      Amigo Sandro,

      Obrigado pela tua mensagem e apoio. De resto, em luta como um leão.

      Ainda bem que gostaste do sentido de humor. Às vezes sai-me assim. Mas é uma conversa fícticia com uma base bem verdadeira.
      Foi mais uma ‘ capelada ‘.
      Para o ano tentamos novamente… desde que não nos nomeiem o Gomes ou o Capela…

      Um enorme abraço aqui do teu amigo Sportinguista
      MS

  5. Sandro Santos says :

    Para o ano será outro…

    Engraçado é que não notei grande indignação quando empataram em Alvalade com um golo em fora de jogo e um penalti não assinalado contra os “coitadinhos”, penalti esse cometido pelo homem que no jogo de Sabado devia ter saido aos 40m da primeira parte por acumulação de amarelos. Em vez de ter sido expulso, ficou em campo e ainda conseguiu marcar um golo….Mas para que conste, sim, foram roubados, mas não tanto como pintam. Existe um penalti não assinalado do André Almeida (o do Luisão é limpinho, limpinho) e o terceiro golo do Cardozo é fora-de-jogo. Para além disso o lance do golo do Luisão é penalti que o arbitro não assinala (também não marca em nosso favor estás a ver), deixa jogar e dá golo. Se marcasse penalti, porque nestes casos não existe lei da vantagem, o Benfica podia não marcar. Não te esqueças é de mencionar que o golo do Capel também é em fora-de-jogo muito antes da bola ´lá chegar. (Montero, quem mais podia ser) e que o amigo Marcelo (o central) aos 40m já devia estar na rua….

    Mas pronto, entendo a contestação, tão poucas possibilidades de ganhar algo este ano e viram-se afastados de uma delas. Mas como sempre a culpa nunca é vossa, é sempre dos capelas e do sistema.

    Um grande abraço

    SS

  6. Porta 10A says :

    Amigo Sandro,

    Obrigado mais uma vez pelo teu comentário e considerações. Sempre bem vindos e merecedores das mais elevadas e elaboradas respostas. Tanto quanto possível, está claro.

    Eh pah, o escândalo que vocês fizeram por causa do off side milimétrico do Montero e, logo a seguir, do golo contra o Olhanenense. Até já vieram, publicamente falar do jogo com o Marítimo. De vocês, desculpa que te diga, não há moral para falarem de determinados assuntos, pois não há quem seja mais beneficiado…
    Ainda assim:
    – nunca se passa nada é tudo ‘ limpinho limpinho ‘
    – esta foi, segundo JJ, uma excelente arbitragem… se calhar porque foi assim…
    – vocês só tem razões de queixa da arbitragem
    – a apaf só se manifesta quando vocês criticam a actuação de um dos seus afiliados o que, a ver pela reacção deles, nunca acontece
    – a comunicação social só vos deita abaixo e não há semana que não saia um editorial do Manha, do Freitas Lobo, deste e daquele a falar mal do vosso clube
    – jamais em dia algum, vimos o vosso treinador, metido em confusões, meter o dedo indicador nos narizes dos árbitros e coisas do género
    – aguardamos pelos 8 dias de castigo, arrumando a questão nas férias do Natal…
    – o vosso presidente ou outros por ele mandados, como o Gomes da Silva, nunca, jamais, em momento algum se referiram a árbitros, sistemas, falcatruas, roubos, comportamentos estranhos, escutas telefónicas, apitos dourados, túneis e coisas assim. Como diria o outro… ‘ jamé ‘
    – a vossa recente relação de amizade com o FCP é notória e, já agora notável. A bipolarização no seu melhor, utilizando os vossos consócios da comunicação social para dizer e escrever o que interessa para nos derrubar
    – claro que não interessa um Sporting forte. Ver 6.500 adeptos a calar 50 mil. Observar a nossa força, vê-la crescer. Olhar para as médias de espectadores de Alvalade a subir, os bancos a acreditarem no clube, a equipa a jogar bem e sem ter gasto milhões e milhões, valer muito. Ter mais jogadores nas selecções e ‘ last but not least ‘, estar a consolidar um projecto.
    – sabemos que tudo isto ‘ dói ‘ e que vos arrelia, mas pronto, as coisas são como são e há que lutar muito mais que todos os outros para as conseguir
    – a verdade, como o azeite, tende a vir ao de cima…
    – olhem bem para dentro do vosso clube e preocupem-se… a sério… porque quando der o estoiro como a castanha, não vai ser bonito de se ver

    Saudações desportivas e aquele abraço
    MS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: