Cair do topo do mundo

Nunca achei grande piada ao ciclismo. No nosso clube a modalidade até já foi umas das mais populares e onde esteve o campeoníssimo Joaquim Agostinho, o melhor ciclista português. Recordo-me das notícias da sua morte e no que concerne ao ciclismo português, de ir vendo a nossa volta e os nomes que ao longo destes anos por aqui pedalavam.

Recordo-me também de Bernard Hinault e de Miguel Induraín, do nome Eddy Mercxx e de mais uns quantos que corriam, especialmente na volta a França, a prova das provas.

Depois havia Lance Armstrong.

E pensar que eu, como tantos admiradores, chegaram a acreditar que aquela força sobrenatural até podia vir do facto de ele ter passado por um cancro, de o ter vencido e aquilo, por força dos deuses, o tornava mais forte, herói, deus também ele. Numa perspectiva ainda mais impressionante, hoje que sabemos a verdade, tantos pensaram que era por força da quimioterapia que Lance tinha aquela ‘ pedalada ‘, como se ela lhe conferisse mais energia e que era isso que o levava às vitórias com aquela facilidade.

Tudo se desvaneceu e num desporto tão cheio de batota, desacreditado e onde tantos são os casos de doping, só faltava mesmo que Lance Armstrong passasse à condição de maior dos batoteiros. Dizem que hoje é um desporto ‘ limpo ‘, mas tenho´sérias dificuldades em acreditar.

Outra das questões que por certo toda a gente colocará, é a que diz respeito ao controlo anti-doping e à forma como foi possível passar incólume tantas vezes durante tanto tempo. Como? Como foi possível aos ‘ vampiros ‘ não detectarem um pequeno vestígio?

Com esta entrevista a Oprah Winfrey e tudo o que ela revela, chega ao fim o mito Lance Armstrong. E da pior das formas. Como já não há lugar para o desportista, esperemos que o homem continue a sua obra na fundação que tem o seu nome, em prol daqueles que tem cancro e lutam contra ele na mais dura das batalhas da vida. Se ele continuar, sem batota, merecerá um bocadinho mais de respeito, meu e porventura daqueles que durante tanto tempo o idolatraram.

LanceArmstrong.bmp

Anúncios

Etiquetas:, , ,

About Porta 10A

À direita das coisas, Sportinguista convicto, teimoso quanto baste, inventivo, apaixonado, Pai babadíssimo, sempre em família, sempre com Amigos. Adoro artes em especial a fotografia e a pintura. Gostava de ter sido Arquitecto, mas a matemática era tramada. Depois Jornalista, mas não deu. Adoro escrever. Sobre desporto e política, ou sobre uma coisa qualquer. Cristão, crente em Deus, não pratico porque acho que a melhor relação com Ele é directa. Adoro música e existem canções para todos os nossos estados de alma. E isto tudo, sou eu...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: