Povo quê?

Chamar selecção de Itália a uma equipa onde jogam uns 7 brasileiros naturalizados | nacionalizados, só mesmo por favor. Depois colocar uma árbitro brasileira a apitar um jogo com tantos concidadãos ‘ italianos ‘, estava mesmo a ver-se o resultado. Não há coincidências e a Selecção Nacional de Futsal tem evidentes razões de queixa desta senhora que tudo fez para levar os compatriotas à meia-final. Povo irmão o tanas!!!

Como se não bastassem os brasileiros, fomos nós próprios nos momentos decisivos.

O fado é  mesmo muito tramado!

Anúncios

Etiquetas:, , , ,

About Porta 10A

À direita das coisas, Sportinguista convicto, teimoso quanto baste, inventivo, apaixonado, Pai babadíssimo, sempre em família, sempre com Amigos. Adoro artes em especial a fotografia e a pintura. Gostava de ter sido Arquitecto, mas a matemática era tramada. Depois Jornalista, mas não deu. Adoro escrever. Sobre desporto e política, ou sobre uma coisa qualquer. Cristão, crente em Deus, não pratico porque acho que a melhor relação com Ele é directa. Adoro música e existem canções para todos os nossos estados de alma. E isto tudo, sou eu...

2 responses to “Povo quê?”

  1. Sandro Santos says :

    Vi o jogo e é verdade que nos podemos queixar daquela senhora (que mais parecia um homem) mas também não deixa de ser verdade que perdemos por culpa própria. A ganhar por 3-0 e a jogar bem, entrámos numa segunda parte a desperdiçar lances claros de golo. Depois, mais do mesmo, um filme já visto. No 5 contra 4 somos horríveis. Este tipo de jogo treina-se, trabalha-se e nós somos muito fracos nisso. A juntar a isso um Seleccionador mau e uma equipa muito fraquinha onde apenas um homem consegue fazer a diferença. Assim como no futebol de onze, também em Futsal temos a sorte de ter um dos melhores do mundo, um génio aquele menino de Chelas. De resto jogadores franquinhos para este tipo de competição. Uma grande exibição do nosso GR. Esteve muito bem e não merecia perder aquele jogo.

    Abraço

  2. Porta 10A says :

    Amigo Sandro,

    Sim, é verdade o que dizes. Por isso referi que fomos nós próprios nos momentos decisivos. Mas, não sendo desculpa para a derrota, existem muitos factores externos que, digamos, ‘ desajudam ‘.
    Se houvesse imparcialidade e não pedimos mais que isso, se calhar não teríamos sido eliminados.
    Quanto ao resto, até posso concordar contigo na questão da qualidade, do treino e do seleccionador.

    Nem os brasileiros nos gramam. E não se ensaiam nada em nos prejudicar.

    Abraço
    MS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: